2º Congresso Caipira de Educação Médica da FACERES faz história e reúne mais de 5 mil inscritos em evento online e gratuito

2º Congresso Caipira de Educação Médica da FACERES faz história e reúne mais de 5 mil inscritos em evento online e gratuito

Especialistas da área debateram o futuro da educação médica durante e pós Covid-19 em plataforma virtual

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com 18 horas de transmissão online, o 2º Congresso Caipira de Educação Médica da FACERES, reuniu virtualmente 5 mil inscritos, de mais de 300 municípios do Brasil. Congressistas de alguns países acompanharam o evento, entre eles: EUA, Inglaterra, Holanda, Alemanha, Argentina e Cabo Verde.

Foram 40 palestrantes nacionais/internacionais, com 25 temas diferentes durante os três dias de evento, totalmente virtual e gratuito. “O formato do congresso foi inédito e fez história, pois, pela primeira vez no Brasil, foi realizado um evento desse porte com especialistas de todo o Brasil e também, internacionais, em que compartilharam experiências e conhecimentos, além de debaterem o futuro da educação médica pós pandemia da Covid-19”, afirma Dr. Toufic Anbar Neto, presidente do congresso e diretor da FACERES, faculdade de medicina que promoveu o congresso.

Questões importantes da educação médica tiveram destaque durante o evento que reuniu palestrantes, congressistas, convidados, moderadores e presidentes de mesa em uma plataforma virtual. “Optamos pela segurança de todos os envolvidos. Estamos vivendo tempos de adaptação aos encontros online para reuniões e aulas, o 2º Congresso Caipira de Educação Médica da FACERES, foi uma maneira de debater e trocar informações sobre o assunto, de forma que todos pudessem ter acesso gratuito, dentro de suas casas, respeitando o isolamento social, diante da pandemia da Covid-19”, explica Dr. Toufic.

Na abertura do evento, no dia 25 de junho, o prefeito de São José do Rio Preto, Edinho Araújo, e o secretário de saúde do município, Dr. Aldenis Borim, fizeram um panorama das mudanças da Covid-19 na área da saúde, os desafios e como a administração pública lida com este novo cenário. O presidente da ABEM, Dr. Nildo Alves Batista falou sobre os desafios das escolas médicas frente à pandemia e o Presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgiões-SP, Dr. Ramiro Colleoni Neto discorreu sobre como as sociedades de especialidades podem contribuir com a educação médica.

No segundo dia, 26 de junho, Dr. Carlos Collares, professor da Universidade de Maastricht, na Holanda, expôs e argumentou os procedimentos de avaliação em tempos de Covid-19. O segundo dia do congresso ainda abordou o tema resiliência, com Dra. Patrícia Zen Tempsky, da USP, saúde mental em tempos de pandemia, com a psicóloga Dra. Patrícia Bellodi, também da USP e especialistas de psiquiatria e psicologia.

 

Desafios do ensino remoto, a retomada das atividades na educação médica após a pandemia e uma mesa-redonda dedicada às questões jurídicas da gestão de escolas médicas, aspectos regulatórios em tempos de pandemia e a participação do Dr. Luiz Koiti Kimura, presidente da Comissão Estadual de Residência Médica de São Paulo, sobre o risco do cancelamento dos exames de residência médica em 2020.

No dia 27 de junho, o terceiro e último dia do congresso, profissionais falaram sobre o futuro da escola médica, Dr. Milton de Arruda Martins, da USP, falou sobre “O papel da escola médica no combate à pandemia. A presidente do CREMESP, Dra. Irene Abramovich, abordou os “Aspectos Bioéticos da Educação Médica e a Covid-19”. Outro tema também de muita relevância “O futuro das escolas médicas pós pandemia” foram debatidos na última mesa-redonda. Participaram Dr. Toufic e Aristides Palhares, diretor da ABEM – SP. Sandro Schreiber, vice-presidente da ABEM, finalizou a conferência sobre as mudanças no ensino na atenção básica pós-Covid -19.

 

 

 

 

 

 

 

“Foram seis mesas-redondas, 21 palestras e três conferências magnas com convidados da educação médica que abordaram questões consideradas complexas no contexto da pandemia”, finaliza Dr. Toufic.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *